Ganime participa de audiência no Palácio do Planalto
13 13America/Sao_Paulo março 13America/Sao_Paulo 2019
Paulo Ganime está prestando contas no estado
13 13America/Sao_Paulo março 13America/Sao_Paulo 2019

Partido Novo presta solidariedade ao povo venezuelano

Juan Guaidó foi autoproclamado presidente da Venezuela, reconhecido pelo governo brasileiro e também por cerca de 50 países como presidente interino.
Guaidó esteve em Brasília e se encontrou com deputados e senadores no dia 28 de fevereiro, após pronunciamento conjunto no Palácio do Planalto com o presidente Jair Bolsonaro. Ele está em viagem pela América do Sul em busca de apoio político contra o
governo de Maduro.
Guaidó só concedeu entrevista no Palácio do Planalto, na qual defendeu novas eleições presidenciais para a Venezuela. “Nossa luta é constitucional, para construir um governo de transição que gere estabilidade, governabilidade e institucionalize uma eleição livre”, afirmou Guaidó.
As últimas eleições realizadas na Venezuela, em 2018, em que Maduro venceu, não foram livres e democráticas. Até agora, o Brasil, os Estados Unidos e vários outros países já declararam apoio a Guaidó. Já o governo de Maduro é apoiado por outras nações como Rússia e China.
Para o líder do Novo, deputado Marcel Van Hattem (RS), a visita foi “importantíssima” para demonstrar que os brasileiros estão ao lado dos venezuelanos que “estão sofrendo com uma ditadura”. Segundo ele, a Venezuela precisa resolver internamente seus problemas e não deve haver intervenção militar no país vizinho. “Nós vamos manter nossa tradição pacífica de não intervenção, mas por outro lado é importante levar ajuda humanitária e dar todo suporte político necessário para que a Venezuela
possa sair dessa situação”, disse Van Hattem.
A bancada do partido Novo esteve com o líder Guaidó, e afirmaram que a visita dele foi muito importante para demonstrar o apoio humanitário dos brasileiros aos venezuelanos que tanto estão sofrendo.
’’Nós do partido Novo estivemos com ele, para demonstrar a nossa solidariedade ao povo venezuelano e também nosso repúdio às ações do governo Maduro!’’ declarou Paulo Ganime, vice-líder do partido.

1 Comentário

  1. Ssuely dalsenter disse:

    Ganine, só tem conheci ao trabalhar voluntáriamente no Novo na rua, e a partir daí passei a acompanhar sua campanha e a divulga-la. Estou a cada dia mais satisfeita com sua atuação;. Foi por um trabalho legislativo como o que vc vem fazendo, que me filiei ao Novo. Parabéns, e muito sucesso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *